Pesquisar este blog

sábado, 21 de abril de 2007

Ervas Daninhas

O primeiro minitro tinha dois registos diferentes sobre as suas habilitações literárias. Após entrevista cedida pelo mesmo à RTP, ficámos a saber que havia uma enormidade de elementos a serem contados-a mudança de universidade, os porquês da mudança, o problema do inglês tecnico cuja nota foi dada por trabalho feito em casa e enviado ao reitor com um cartão de visita de secretário de estado. E das datas?
Os responsáveis pela UNI deram uma conferência de imprensa que foi uma desgraça-datas não coincidentes mal explicadas, datas que simplesmente se desconhecem,uma sopa , de onde se salvou apenas a pedra--chamada ignorância.
Claro que nao se exige a um PM que tenha um curso superior.
Mas grave é querer --se quer-se não o tem-----passar por licenciado, porque mentir é cair muitos degraus. E leva a pensar que , mentindo, não se olha a meios para os seus fins atingir.
Parece um assunto de lana caprina, mas não é.É sério, que de seriedade se trata-da seriedade do sr PM.
Soube-se , por Jaime Gama que os originais dos tais registos tinham desaparecido da Assembleia da República. E me veio agora à memória algo de parecido há uns tempos, sucedido na AR : uma documentação reclamada por entidade cuja identificação não recordo , levou sumiço
Nessa altura, como agora, foi porta voz do desaparecimento documental, a senhora directora da AR,uma conhecida militante socialista.
Outro assuntosito-- é melhor começarmos a utilizar os diminutivos que parece que os assuntos polémicos estão a proliferar com o despontar da primavera.--prende-se com a nomeaçao de Pina Moura para a média capital.
Está bem!
Sabemos que a TVI sempre esteve amarradita à igreja, e Pina Moura era o cardeal de Guterres.Harmonia-Sócrates apenas agiu para haver harmonia naquela estação. Que ideia a dele -o sr PM -estar a pensar em fazer um controlezito por aqueles sítios...o que tinha a sua lógica,pois Pina Moura, como militante que foi do Partido Comunista sabe das funções atribuidas aos controleiros...
E o homem que sai da CGD para a UNI?
Não há-se ser nada, que o Vara também lá se licenciou e portanto já nem varados ficamos com estas noticiazecas que "alegram" a rotina governativa.
Na primavera a natureza se revela em todo o seu esplendor. Na nossa política só nascem ervas daninhas....

http://sol.sapo.pt/blogs/jaguar/default.aspx

2 comentários:

turbolenta disse...

Noutro país que não o nosso, o PR já tinha mandado abrir um inquérito rigoroso.
Já lhe tinha marcado uma audiência para averiguação de factos,( contados pelo próprio).
O arquivo respeitante aos alunos tinha sido todo lacrado e pedida investigação a a uma auditoria isenta e credenciada.
Os resultados tinham vindo a público.
A imprensa não teria sido "boicotada" numa tentativa infame de calar quem nos traz as notícias para a imprensa e tv.
A esta hora já havia responsáveis e culpados.
Ajguém havia de pagar pelas falcatruas.
Mas cá...todos se calam, todos se acobardam...porque deve haver muitos a quem foram dadas iguais beneses,... alguns destacados cargos públicos... ou políticos...
Se fosse um anónimo cidadão, era acusado de burla qualificada, era-lhe retirado o "canudo".Era julgado e pagava pelo acto.
Assim....
O caso fica tal qual está.
Falou-se.
Abafou-se.
Agora até há outra notícia importante a ocupar os telejornais: o caso Pantera Negra.
Agora já não há tempo de antena para o caso TROCASTE ou CASA PIA.
Em Portugal , infelizmente....é assim!

E...como pode esse alguém pedir rigor e insenção ( ? ? ? )

manuela disse...

Boa Turbulenta boa!! ISSO MESMO + E muitas vezes paga o justo pelo pecador... sempre impune! Beijo Enorme para si amiga vou de seguida visitá-la e roubar uma receita maravilhosa das que sempre me apresenta. Bom Feriado* Manuel@